projeto solo | sp-arte

2022

projeto solo no estande da Acervo Galeria.

   Igor Rodrigues é um daqueles artistas que elabora o seu trabalho baseado nas suas vivências e nas reflexões que reúne durante o seu dia a dia. Como a maioria dos jovens que cresceram a partir do ano 2000, teve o computador para servir como instrumento de pesquisas e experimentos. E através desse instrumento chegou às conclusões que hoje mostra por meio da pintura.
   Ele não usa o computador para executar o trabalho, mas sim, como objeto de rascunho para executar, em seguida, suas habilidades em manipular as tintas e os pincéis.
   Vivendo num país repleto de controvérsias, distorções e de herança escravocrata completamente equivocada, sendo um afro brasileiro e uma pessoa de sensibilidade à flor da pele, não poderia ignorar as injustiças que lhe saltam aos olhos e as diferenças de tratamento. Ainda mais, vivendo numa cidade do interior da Bahia.
   Igor alinhou suas ideias de conhecimento do mundo, da arte, da psicologia, e encontrou uma excelente forma de dar sua contribuição para olhares mais condizentes com a vida e com a humanidade. Como ele costuma afirmar “é importante sempre manter os olhos nos olhos”. O olhar das imagens nos deixa pensativo e cria uma necessidade de reflexão.
   O resultado do seu trabalho é uma forma de mostrar a necessidade de ter olhares mais profundos, mais sensíveis, mais glamorosos e mais realistas. Daí, em muitas de suas criações, pedaços de espelhos aparecem nos olhos das figuras construídas de forma requintada, fundindo o real e o surreal de forma a imaginar sobre a intenção do seu criador.
   Para dignificar as imagens criadas, o artista conserva os traços fisionômicos reais, explora o sonho, o humor e as suas boas qualidades de pintor e bom desenhista.
                                                                      Salvador, 12 de Julho de 2022
                                                                      Justino Marinho

IMG_0360[1]4.jpg